Publicidade

domingo, 20 de junho de 2010

EM DIA DE SOL

Uma pomba vai voando
E o meu cabelo flutuando.
Espero que a rima
Não se vá embora,
Quero a inspiração.

Vou descendo...
Não te vejo e agora?
Porém, estou sorrindo,
Pois o sol ilumina
O meu coração!

Vou sofrendo...
Esta tarde demora...
Queria ouvir minha paixão.
Ele é tão lindo
E não está na minha sina!

quarta-feira, 2 de junho de 2010

ESPERAR

Esperar, esperar...
Sem que seja impacientemente
Até faz bem a qualquer
Pessoa que se considere gente.

Esperar é ter paciência,
É uma virtude declarada.
Quem sabe esperar
Pode conseguir tudo o que quiser.

"Quem espera sempre alcança".

Saber esperar é das melhores
Coisas, quem não o sabe
Com certeza não vive bem,
Pois o stress toma-lhe conta da vida.

Nada se consegue sem esforço
E sem calma.

Quem quiser vencer
Terá de se submeter
Ás diversas provações
Que o destino lhe impõe.

Quem é forte, perseverante,
Calmo e paciente
Alcança o que deseja;
Por ventura, quem
Isso não for, ou seja,
Desista ao menor obstáculo,
Nunca estará preparado
Para nada da vida.

Quem não desiste tem tudo!

Aquele que tiver fraqueza
Perder-se-á a meio do caminho.

COMERCIANTE

Se eu fosse comerciante
Ficava muito distante
Da minha linda família,
Mas de fome não morria,
Porque eu sempre comia
Essas frutas que vendia.

TU

Tudo à nossa volta
É como um rio espumoso.
Limpa a revolta,
Sê mais corajoso...

Quando te estou a esquecer
Apareces sempre com mais força.
É impossível não te ver...
Meu coração sempre te ouve.

NÃO É ASSIM

1
Pássaros não é certamente
E o vento não bate assim,
Fui ver um tronco
De árvore caíra.

2
Não é preguiça
E febre não é assim,
Pensei melhor
E descobri que era sono.

SUJEITO POÉTICO DESCONHECIDO

Uma flor, uma paisagem,
Uma canção, uma bobagem
Escrita nas estrelas
A pensar como são belas
E às vezes ilusórias
Por não serem como nas histórias
E não realizarem desejos
Tão singelos como beijos.