Publicidade

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

INTERIOR

A riqueza interior
Talvez esteja no coração,
Nos ossos, na alma ou nos orgãos.
Temos de a descobrir
Sem receio, com amor,
Pois somos capazes de sentir
A nossa voz oculta a subir
Pela encosta de frescura
Que o nosso espírito segura.

Sem comentários: