Publicidade

sexta-feira, 30 de abril de 2010

AUSÊNCIA

Eu sem ti não encontro o amor,
Perco todos os meus sentimentos,
Encontro depressa a dor
Ficando presa nos meus tormentos.

Este vazio de dentro é meu inimigo,
Aquece-me e dá-me medo,
Nada se torna igual contigo
Porque és firme como um rochedo.

Sinto o coração a doer
E não sei como reagir,
De ti tenho de me esconder
Para não voltar a cair.

Sem comentários: