Publicidade

sexta-feira, 30 de abril de 2010

CONFISSÃO

Achei-te tão belo,
Belo como o sorriso.
Não to disse, pois não é preciso,
O meu olhar já mostrou.

Se gostas do meu cabelo
Diz que eu ficarei contente,
Não te escondas de repente,
Pois eu sou o teu amor.

12 de Dezembro

Sem comentários: